Visão de futuro: remédio contra os riscos do comodismo

Publicado em 19 de agosto de 2020
Visão de futuro: remédio contra os riscos do comodismo

Visão de futuro é ter claro aonde você quer chegar. Veja aqui algumas dicas de como encontrar os seus objetivos.

Se você trabalha ou trabalhou em uma empresa, não importa o tamanho, provavelmente ouviu falar da “visão institucional” dela. Ou seja, da direção na qual a empresa olha, dos destinos (ou objetivos) que ela pretende atingir daqui a um certo tempo. Ao lado da missão e dos valores, a visão forma o tripé de qualquer companhia, porque é o que a mantém em movimento, sempre em busca de novas conquistas. Agora, mudemos da pessoa jurídica para a física. Para você, mais especificamente. Você tem uma visão? Ou melhor ainda, uma visão de futuro?

Isso faz toda a diferença na nossa vida. Assim com as empresas, é a nossa visão de futuro que nos faz seguir adiante, o que nos mantém bem dispostas e motivadas, mesmo que os desafios pessoas se multipliquem. Numa comparação bem simples, é saber que a linha de chegada não está longe, e, apesar do cansaço, seguir correndo para cruzá-la.

Como ter uma visão de futuro?

Tudo começa com aquela pergunta famosa: “onde você quer estar daqui a X anos?” É ela que nos obriga a refletir sobre o momento atual de nossas vidas. E costuma ser uma provocação incômoda, porque muitas vezes nos mostra que somos mais coadjuvantes do que protagonistas de nossa história. Então, para termos uma visão de futuro, precisamos antes retomar o controle de nossas vidas. Mostrar que quem manda nela somos nós! 

Isso tem um pouco a ver com aquele famoso botãozinho, sabe? Sim, aquele cuja primeira letra é F… Talvez seja a hora de apertá-lo. Mas só para aquilo que não acrescenta nada, que não faz diferença nenhuma. Apertar o tal botão pra essas coisas é fundamental, porque vai te permitir ter uma visão mais clara do presente, para depois ter a visão de futuro. É como fazer com que o vento limpe o céu pra você enxergar melhor a estrela aonde quer chegar.

Nunca deixe de se provocar

Agora, tem um problema sério com aquela pergunta sobre onde queremos estar daqui a algum tempo: nós só costumamos fazê-la em alguns momentos da vida. Conforme o tempo passa, ela vai ficando de lado. Vamos nos acomodando, nos conformando, e de repente não temos mais aquele ímpeto, aquela energia que nos impulsionava pra frente. Para mantermos a nossa visão de futuro sempre à vista (com o perdão da infâmia), precisamos nos perguntar e nos provocar sempre. 

Você já chegou aonde queria estar há vinte, trinta anos? Maravilha. Não chegou? Não tem problema. Você é perfeitamente capaz de criar uma nova visão, e de persegui-la da forma que achar melhor. E “idade” não pode mais ser uma desculpa, já que nós sabemos que você tem energia de sobra para ir atrás do que ama. 

Sem falar nos tantos exemplos que temos hoje em dia. Ou você acha que Fernanda Montenegro, Laura Cardoso, Eva Wilma, Elza Soares e tantas outras (pra ficarmos só nas artistas) não têm uma visão de futuro bem definida? Ou não foram capazes de atualizá-la conforme o tempo passou?

Compartilhar

Botão Whatsapp